Vinhos de terroir, orgânicos e biodinâmicos

vinho organico

Vinhos de terroir, orgânicos ou biodinâmicos são os novos queridinhos dos apreciadores. Com mais personalidade, são normalmente cultivados por pequenos produtores, e não recebem aditivos, como taninos em pó, corretivos de açúcar ou acidez, espessantes ou leveduras artificiais que acrescentam aromas estranhos, entre outros artifícios utilizados pela indústria. O resultado? Uma riqueza de aromas e sabores na garrafa e mais respeito pelo consumidor e pelo meio-ambiente.

A diferença entre os vinhos orgânicos e biodinâmicos é que, nos primeiros, o sistema de plantio se baseia na interação com a fauna e a flora do ambiente em que a videira cresce. Esse cultivo não utiliza defensivos químicos, e utiliza a própria natureza e sua biodiversidade no controle de pragas. Já a biodinâmica vai além disso. A proposta é um retorno às técnicas ancestrais de agricultura. O cultivo da videira leva em conta as fases da lua, as estações do ano e os ritmos da natureza para determinar os momentos mais adequados para o plantio, poda e colheita. Os vinhos de terroir, por sua vez, são de pequenos produtores e, muitas vezes, têm produção orgânica, embora nem sempre tenham o selo certificado – pois ele custa caro.

Interessado? Três importadoras no Brasil optaram por focar por rótulos com essas características: a De La Croix, mais focada em vinhos franceses, a Garrafa Livre, que também se concentra em rótulos da França e tem uma proposta sustentável até de comercialização, e a Vindame, que reúne garrafas da Alemanha, da Espanha e da Itália.

E os vinhos brasileiros? Pois é. Enquanto isso, os rótulos nacionais vivem esse momento polêmico que comentamos aqui.

 

 

 


pasta alle sarde, a massa com sardinhas típica da Sicília

:Uma receita da Sicília: massa com sardinhas

Amigos, hoje a receita tem o autêntico gosto da Sicília. Recebi minha amiga Giada Ruspoli, que preparou uma saborosa Pasta alle Sarde. Em bom português, uma massa com sardinhas. (mais…)(mais...)

Vale

:Lugares imperdíveis pelo vale do Douro

Passei esse mês na Europa. Na parte final da viagem, tive o prazer de ficar na parte portuguesa do vale do Douro, que fica ao norte do país. Embora nasça na Espanha, o Rio Douro tem sua maior parte em Portugal – uma região híbrida entre os dois países ibéricos que só visitando para entende(mais...)

IMG_2372

:Receita de um prato afrodisíaco

Amigos, vocês sabem o quanto são saborosas as receitas que preparo aqui, mas hoje, muito mais que saborosas, elas estão com uma pitada de provocação, pois vêm harmonizadas com a gula e luxúria. (mais…)(mais...)

IMG_1931

:Como fazer sorvete com cream cheese?

Amigos, a temporada de feriados está começando e junto com ela a expectativa de dias quentes. (mais…)(mais...)

vinho organico

:Vinhos de terroir, orgânicos e biodinâmicos

Vinhos de terroir, orgânicos ou biodinâmicos são os novos queridinhos dos apreciadores. (mais…)(mais...)

fazendas de queijos

:3 fazendas pertinho de SP para quem ama queijos

Foi lendo essa matéria do Paladar que ficamos curiosas: então quer dizer que, além de produzir queijos que nós amamos, algumas fazendas do interior de São Paulo ainda têm estrutura para receber turistas? Sim. (mais…)(mais...)