Flashback – ou por que o Brasil não muda

3 gerações

“Mãe, o Brasil tem que parar de só produzir bens primários!  Devemos produzir bens manufaturados, que têm muito mais valor!”, exclamou minha filha de 14 anos durante o jantar.  É verdade, filhota, e tem sido verdade pelo menos desde que eu tinha a sua idade, e ouvi a mesma coisa do meu professor de Geografia na escola. Desde então, ou desde sempre, a história é essa.

Mas como aprender a transformar os bens primários em manufaturados? Como desenvolver indústria e inovação no país?  Ora, minha gente, investindo de verdade em educação e ciência…  Sim, educação efetiva, valorizada, que vá muito além de estatísticas de alunos formados, mas analfabetos funcionais.  E ciência levada a sério, com investimentos consistentes, vontade política para desburocratizar a vida dos pesquisadores, e a promoção de interações entre a academia e a iniciativa privada, para que juntos transformemos os novos conhecimentos em produtos para a sociedade.

Vocês devem estar pensando: “a professora descobriu a pólvora”… Pois é, nada de novo, mas foi chocante o flashback ao ouvir o mesmo discurso da boca da minha filha, e me dar conta de que depois de uma geração muito pouco mudou. E não vai mudar tão cedo com as atuais vacas magras – mais uma vez a corda estourou na ciência, mais fraca porque dá pouco voto no curto prazo, que virou fração de Ministério, fundida (ou fodida) com o da Comunicação, e teve seu orçamento cortado pela metade…  Deu até na revista Nature esta semana…

Mas vamos lá, seguir fazendo a nossa parte e batalhando para que os outros façam a deles – quem sabe um dia eu ouça algo diferente de uma neta.


C56FD3AD-BBC2-46A6-917F-C045CE8571C8

:Ciência não é gasto!

Hoje o publicitário Nizan Guanaes se juntou a nós cientistas, cedendo seu espaço semanal na Folha de São Paulo para insistirmos no nosso bordão: ciência não é gasto, ciência é investimento! (mais…)(mais...)

jane fonda jogging

:5 benefícios da corrida no pós-menopausa

A chegada da menopausa traz calores incômodos e pode ser que você se sinta desanimada para começar uma atividade física. Reunimos, então, 5 benefícios que a corrida traz para qualquer pessoa – mas que fazem muita diferença na vida de quem convive com a menopausa. (mais…)(mais...)

dificil emagrecer depois dos 40

:Por que é tão difícil emagrecer depois dos 40?

Afinal, por que é tão difícil emagrecer depois dos 40? O caderno Madame, suplemento feminino do jornal francês Le Figaro publicou uma reportagem especial a respeito do assunto – que imediatamente foi parar entre os mais lidos do site, é claro. (mais…)(mais...)

:Vamos salvar a ciência brasileira

A Menina Lygia da Veiga Pereira e outros renomados cientistas brasileiros estão com uma campanha de fundamental importância: vamos salvar a ciência brasileira. (mais…)(mais...)

supe humanosss

:Nós, super-humanos

“A biotecnologia vai criar desigualdades”, disse a aluna do ensino médio depois de ouvir minha aula sobre as novidades das pesquisas em genética, genomas e células-tronco. “Sim, professora, porque quem vai ter acesso a essas tecnologias médicas sofisticadas? Só uma classe privilegiada! Is(mais...)

IMG_2401

:Terapia, budismo e algumas lições

Às vésperas de fazer 80 anos, minha mãe me pediu de presente que fizéssemos uma “terapia” de mãe/filha. (mais…)(mais...)