Veneza: começou a Bienal

Mark Bradford in his studio

O circuito internacional de arte anda muito agitado. E não é por acaso.  Um dos maiores encontros de arte do mundo começou esse fim de semana. Trata-se da 57ª edição da Bienal de Veneza.

Se você fizer a conta, perceberá que a primeira Bienal de Veneza foi realizada em 1895. Foi ainda no século 19… faz muito tempo! Mas foi só dali a alguns anos que o evento começou a ganhar um caráter internacional, e vários países passaram a instalar os tais dos pavilhões nacionais na exposição.

Aliás, nessa edição, um dos pavilhões mais interessantes é o americano. O artista californiano Mark Bradford, que inclusive já esteve em São Paulo, na Bienal de 2006, foi escolhido para fazer uma instalação site-specific no espaço.

Mark Bradford, The Next Hotline (2015)

Para quem não sabe, Bradford é conhecido por suas pinturas em grande escala, como esta aqui acima, misturadas com colagens de diferentes materiais descartados, como placas de sinalização destroçadas. São obras de grande impacto… e trazem sempre um tom político sobre racismo, economia informal e democracia.

Ao longo dos últimos anos o artista vem em rápida ascensão, com mostras importantes no San Francisco Museum of Modern Art (2012) e no  Hammer Museum de Los Angeles (2015).

Bradford não só está em uma boa fase, como parece ter muito o que apresentar. O clima é um mix de ansiedade e festividade. Aliás, a Fendi organizou a festa de abertura da Bienal na Scuola Grande di San Rocco. Para mim um dos lugares mais impactantes da cidade. Luxo total! Que venha Veneza.

Scuola Grande di San Rocco

 

 


Cruzando Jesus Cristo com o Deus Shiva, obra de Fernando Baril, 1996, exposta no Queermuseu

:É proibido proibir

Não tem como negar que estamos vivendo tempos estranhos – para dizer o mínimo. Uma estranheza que vem carregada de certo moralismo capaz de subjugar comportamentos do dia-a-dia e até cancelar exposições ou menosprezar obras consagradas da história da arte. (mais…)(mais...)

Modigliani em 1915 por Paul Guillaum

:Nudes de Modigliani em Londres

De todos os artistas do século XX, há rumores de que o Amedeo Modigliani era realmente quente... (mais…)(mais...)

maite 1

:Antes da cena

Antes da cena. Essas fotos foram tiradas por uma fotógrafa de Fortaleza no fim de semana passado. (mais…)(mais...)

livro Extraordinárias

:Mulheres extraordinárias

Ao longo da história do Brasil, o que não falta é uma lista de mulheres incríveis que fizeram a diferença, muitas vezes deixadas em segundo plano nos livros. Mas o “Extraordinárias: Mulheres que revolucionaram o Brasil” (ed. Seguinte, 208 pág.) busca reparar essa injustiça. (mais&hellip(mais...)

museu Louvre de Abu Dhabi

:O novo Louvre de Abu Dhabi

Inaugurou esse mês um dos museus mais aguardados do ano: o Louvre de Abu Dhabi. (mais…)(mais...)

becky-ann-baker

:Becky Ann Baker e sua primeira cena nua, aos 50

Praticamente toda atriz – no Brasil ou em Hollywood – precisa se deparar, cedo ou tarde com uma questão espinhosa para a vaidade feminina: as cenas de nudez. (mais…)(mais...)