Kanarie Club: um século de multiuso

KANARIECLUB_CROP_2

Uma das coisas que mais me chama atenção na Europa é a praticidade que eles têm para se apropriar do espaço público e, consequentemente, ressignificar o uso desses lugares. Percebo que aqui no Brasil muito se discute sobre a ocupação dos (raros) espaços públicos, no entanto, fica a questão: ainda que ocupados, esses espaços estão de fato sendo apropriados?

Recentemente descobri o Kanarie Club, em Amsterdã. A descoberta se fez por meio do escritório Studio Modijefsky, que por acaso assina o projeto de design do bar/restaurante que funciona ali. Mas antes já foi um monte de coisa…

KANARIECLUB_CROP_3

A construção é de 1902. Quando foi concluída, acertou-se que ali seria uma estação de trem. E assim foi até1996, quando aproveitaram o espaço para fundar o Museu de Transporte Público. Em 2005, o espaço foi ocupado por moradores da região para criar uma piscina pública abastecida com água da chuva.

Hoje, com uma parceria público-privada, criou-se o Kanarie Club: um lugar que serve como uma estação de trabalho, já que abre às 8h30, mas também é espaço para almoço, jantar e – por que não? – um drinque no pós-expediente. E fica aberto até a madrugada.

KANARIECLUB_CROP_11

O projeto de design se destaca pelas referências à história do local. Os próprios trilhos dos antigos trens permanecem lá. Com um pé direito alto e o espaço amplo, parece que a sensação é de estar em um terminal de transporte público mesmo. A iluminação e a identidade visual do espaço também ajudam. Mas o grande destaque é o bar que eles construíram dentro da antiga piscina… é ou não é se apropriar do espaço?

Os setores públicos e privados de cidades como São Paulo têm que se inspirar em iniciativas como essa. Não tem como dar errado. Pelo contrário! Se der certo, todos acabam ganhando e a cidade se torna mais convidativa.

KANARIECLUB_CROP_23


livro Libraries by Candida Höfer

:As bibliotecas mais lindas do mundo

Quais são as bibliotecas mais lindas do mundo? Mesmo em tempos de iPad e do tal do touch, as bibliotecas continuam funcionando como verdadeiras fortalezas do conhecimento. Claro, fortalezas bem charmosas. (mais…)(mais...)

livro coquetel 4

:Consulte antes do próximo happy hour

À procura de uma inspiração para o próximo happy hour? O livro “Cocktail Chameleon” (Assouline, 240 pág.) tem uma miríade de opções. (mais…)(mais...)

piso e mesa de madeira de demolição

:Inspiração: madeira de demolição

Retirada de antigas construções e transformada em pisos, painéis e até móveis, a madeira de demolição é cheia de personalidade e transforma mesmo o mais básico dos ambientes em um lugar acolhedor. (mais…)(mais...)

amazonia

:A internacionalização da Amazônia

Essa merece ser lida, afinal não é todo dia que um brasileiro dá um esculacho educadíssimo nos americanos! (mais…)(mais...)

Cynthia Garcia vale (1)

:Mulheres de poder: Cynthia Garcia

Obras de arte por todas as paredes, caixas da Hermès, livros e mais livros... tudo em uma “desorganização organizada”. (mais…)(mais...)

Vale

:Lugares imperdíveis pelo vale do Douro

Passei esse mês na Europa. Na parte final da viagem, tive o prazer de ficar na parte portuguesa do vale do Douro, que fica ao norte do país. Embora nasça na Espanha, o Rio Douro tem sua maior parte em Portugal – uma região híbrida entre os dois países ibéricos que só visitando para entende(mais...)