As lições que a idade me ensina

nostalgica

Uma coisa que a idade me ensinou é a não ser nostálgica.  O que passou, passou e não adianta correr pra trás. Acho que esta postura bem simples deixa a gente mais contemporânea. Uma das palavras-chave do momento atual, junto com tantas outras que podem soar chavões, se forem colocadas em um contexto menos cuidadoso, digamos assim.

Estou falando isso depois de navegar pelo Facebook e ver tantas pessoas da minha faixa etária muito magoadas com a vida, com as novas formas de se comunicar, com as influencers e blogueiras, só para citar alguns.  Triste para eles já que o caminho é irreversível.

Do meu lado, ando a mil, com vários projetos complexos e legais que logo conto aqui.

Outra coisa que sempre repito que a idade me ensinou é a conversar com o espelho de forma franca. Sim, na minha idade, certas coisas são inadmissíveis, como saias curtas, shortinhos e barriga de fora. O braço, pensando bem, também não é lá grande coisa nas mulheres que já eram grandinhas no século 20…

Sempre adorei coisas vintage, mas não uso mais. Dá aquela impressão de decadência, sabe como? Para mim, a moda é como contar uma história. A minha linha do tempo. Tenho várias coisas que guardo com o maior carinho para entregar para as minhas netas. Tenho certeza de que elas vão entender bem quem foi a avó delas.

Outra coisa que a idade proíbe a gente é de usar roupinhas – termo quase nostálgico, né? Na minha, na nossa idade é mais legal usar a camiseta de grife do que a bolsa. Saber a procedência do que estamos vestindo. Não abonar aqueles que sujam com sangue as roupas.

Acho uma boa forma de engajamento para uma senhora com todo o gás…

Pensando em como ilustrar este post, resolvi escolher uma bela peça da Hermès, marca que soube envelhecer olhando para o mundo que vai deixar para as futuras gerações.


mark shaw 3

:Bastidores da Alta Costura em mostra

Uma pequena galeria, situada no piso térreo de uma vila residencial no bairro do Marais, em Paris, a MR 14 é um dos endereços mais charmosos da Cidade-Luz. (mais…)(mais...)

tendencia gola alta maxipull

:Tendência de inverno: gola alta

Herança dos anos 60, quando era chamada de gola rolê – e imortalizada por figuras como Audrey Hepburn, Mick Jagger, Jackie O. e Steve Jobs, a gola alta – em inglês, turtleneck – voltou nesse inverno com força total. (mais…)(mais...)

Colette2

:O fim de uma era: Colette 1997 – 2017

“Anúncio especial: todas as boas coisas chegam a um fim. Depois de 20 anos excepcionais, a Colette vai fechar definitivamente suas portas no próximo dia 20 de dezembro”. A notícia deixou o universo da moda – e o do varejo de um modo geral – em polvorosa. (mais…)(mais...)

nostalgica

:As lições que a idade me ensina

Uma coisa que a idade me ensinou é a não ser nostálgica.  O que passou, passou e não adianta correr pra trás. (mais…)(mais...)

Giorgio Armani Prive

:O top 10 da Semana de Alta Costura

Aconteceu no começo desse mês o evento mais inspirador para a moda: a Semana de Alta Costura de Paris. Assim, com maiúsculas, mesmo. (mais…)(mais...)

abre fashion films

:3 fashion films que você TEM que ver

Foi aberta a temporada de fashion films. Alguns, aliás, a gente já mencionou aqui, como este, mas agora já dá para fazer um balanço que realmente está imperdível e nós fizemos uma curadoria com nossos três favoritos. (mais…)(mais...)