As lições que a idade me ensina

nostalgica

Uma coisa que a idade me ensinou é a não ser nostálgica.  O que passou, passou e não adianta correr pra trás. Acho que esta postura bem simples deixa a gente mais contemporânea. Uma das palavras-chave do momento atual, junto com tantas outras que podem soar chavões, se forem colocadas em um contexto menos cuidadoso, digamos assim.

Estou falando isso depois de navegar pelo Facebook e ver tantas pessoas da minha faixa etária muito magoadas com a vida, com as novas formas de se comunicar, com as influencers e blogueiras, só para citar alguns.  Triste para eles já que o caminho é irreversível.

Do meu lado, ando a mil, com vários projetos complexos e legais que logo conto aqui.

Outra coisa que sempre repito que a idade me ensinou é a conversar com o espelho de forma franca. Sim, na minha idade, certas coisas são inadmissíveis, como saias curtas, shortinhos e barriga de fora. O braço, pensando bem, também não é lá grande coisa nas mulheres que já eram grandinhas no século 20…

Sempre adorei coisas vintage, mas não uso mais. Dá aquela impressão de decadência, sabe como? Para mim, a moda é como contar uma história. A minha linha do tempo. Tenho várias coisas que guardo com o maior carinho para entregar para as minhas netas. Tenho certeza de que elas vão entender bem quem foi a avó delas.

Outra coisa que a idade proíbe a gente é de usar roupinhas – termo quase nostálgico, né? Na minha, na nossa idade é mais legal usar a camiseta de grife do que a bolsa. Saber a procedência do que estamos vestindo. Não abonar aqueles que sujam com sangue as roupas.

Acho uma boa forma de engajamento para uma senhora com todo o gás…

Pensando em como ilustrar este post, resolvi escolher uma bela peça da Hermès, marca que soube envelhecer olhando para o mundo que vai deixar para as futuras gerações.


livro Catwalking 3

:Moda de passarela, por Chris Moore

  De Paris a Nova York, se você entrasse em uma sala de desfiles ao longo dos anos 60, 70, 80 e 90, certamente passaria ao lado de Chris Moore. Nos pits lotados de fotógrafos, esse britânico se consagrou como um dos maiores documentadores da moda de passarela do planeta. (mais…)(mais...)

vitrine da Hermès 3

:As incríveis vitrines da Hermès

 Quando vê uma vitrine montada assim, feito obra de arte, você se pergunta quem é o nome por trás daquela criação? No caso da Hermès e suas incríveis vitrines essa pessoa é Leïla Menchari, 90 anos. (mais…)(mais...)

the shopkeepers - dicas de compras

:Dicas de compras únicas pelo mundo

Butiques independentes, pequenas e únicas. É tudo o que a gente procura na hora de fazer compras, né? Itens exclusivos, que só podem ser encontrados em um lugar, além de atendimento acolhedor são os principais atrativos desse tipo de lugar e a designer Paula Flynn concorda. (mais…)(mais...)

Gloria Coelho

:5 perguntas para Gloria Coelho

Como a gente adiantou aqui, As Meninas estão com um especial indo ao ar todas as semanas, chamado “5 perguntas para”. (mais…)(mais...)

lais-ribeiro-sutiã Victorias

:O sutiã de US$2 milhões

Um dos eventos mais esperados do ano, o desfile anual da grife de lingeries Victoria’s Secret, já tem data para acontecer: será no próximo dia 28 em Xangai, na China. A ideia da grife é marcar sua expansão no país mais populoso do mundo, mas o destaque do desfile ficará por conta de uma br(mais...)

vestido produzido em impressora 3D, em 2013

:A incrível moda do futuro no MoMA

Até o próximo dia 28 de janeiro, o MoMA, em NY, exibe a mostra “Items: Is Fashion Modern?”, primeira exposição sobre moda da história do museu. (mais…)(mais...)